quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Tumores de Coluna


Olá queridos leitores!!! Me perdoem as ausências, muito trabalho! Hoje vou compartilhar com vocês algo sobre tumores na Coluna Vertebral. Recebi uma notícia que me fez lembrar deste tema, que é muito importante para refletirmos. Uma amiga da minha avó faleceu de um tumor malígno na Coluna Vertebral, entre o diagnóstico e seu falecimento foram menos de 3 meses, fiquei impactada com a notícia, pois eu conhecia a tal senhora, e a mesma era muito saudável, forte, independente, precisamos ficar de olho!!!

Tumores da coluna vertebral:

O aparecimento de tumores, na coluna vertebral pode ser classificado em tumores primários e metastáticos. Os tumores primários se originam em tecidos que formam a coluna vertebral. E os tumores metastáticos consistem na implantação de células tumoriais de outros tecidos (mama, pulmão, próstata, etc) nos ossos que formam a coluna vertebral. A metástase pode eventualmente proceder de qualquer espécie de tumor e se implanta na coluna vertebral; nas mulheres o mais comum é o câncer de mama, e nos homens o de próstata.

Primeiro sintoma é a dor. Independente da idade, quando uma dor na coluna não cede, deve-se procurar um médico. Aqueles que têm antecedentes de câncer, devem ficar mais atentos. Se a dor persiste e não for investigada poderão ocorrer sintomas neurológicos como dormência nas pernas e fraqueza muscular, em neoplasia da coluna vertebral. 

Primeiramente a consulta com um médico é muito importante, e a análise de história clínica do paciente também. O diagnóstico poderá ser confirmado com exames complementares tais como: Radiografia simples, Tomografia, Ressonância Magnética e Cintilografia Óssea. Atualmente em oncologia solicitamos o PET Scan, que é uma modalidade de exame por imagem, que permite avaliar o surgimento de lesões malignas ou benignas em vários tecidos que compõe o corpo humano. Quanto mais precoce o tratamento, maior a possibilidade de uma cura local e melhora da qualidade de vida destes pacientes acometidos de uma doença tão grave. 

Os tumores que têm origem na coluna vertebral são extremamente raros. Entretanto, as lesões metastáticas (que se disseminam) são as de localização mais freqüente no esqueleto.
O diagnóstico precoce (no começo da doença) de uma lesão óssea da coluna é muito difícil, já que o sintoma inicial, dor lombar, é uma queixa muito comum. Os sintomas de dor noturna e dor em repouso, de intensidade variável, são sugestivos de tumores, principalmente quando não respondem ao tratamento com analgésicos e antiinflamatórios. Os tumores podem ser benignos ou malignos (câncer). Dos malignos, os mais comuns são os metastáticos (lesões que se disseminam de outras regiões). A coluna torácica é o local mais freqüente das lesões primárias, principalmente ao nível toracolombar. Segue-se, com freqüência, a região lombar, sacrococcígea e cervical, bem menos comum. Quando existir uma suspeita de tumor, confirmada pela radiografia simples, deve-se pedir uma tomografia computadorizada ou ressonância nuclear magnética para confirmar e avaliar a extensão da lesão. A cintilografia óssea é útil para os casos de lesão mínima, benigna e para o diagnóstico diferencial das lesões metastáticas, quando várias vértebras estiverem envolvidas. Mas, o diagnóstico definitivo é feito somente através da biopsia óssea. A biópsia pode ser feita por punção com agulha ou aberta (com cirurgia).
Os tumores benignos são mais freqüentes do que os malignos, afetando a parte posterior das vértebras. O osteoblastoma, o osteoma osteóide, o tumor de células gigantes, o hemangioma e o cisto ósseo aneurismático são, em ordem decrescente, os que mais acometem a coluna. As vezes, a radiografia simples não faz o diagnóstico dos tumores ósseos da coluna, devendo a mesma ser complementada pela cintilografia óssea e tomografia.

Tumores metastáticos:

A coluna vertebral é a sede mais freqüente de metástases ósseas (tumores malignos que se espalham pelo esqueleto). Mais de 70% de pacientes que morrem de câncer apresentam lesões na coluna. O segmento torácico é o mais envolvido, principalmente o corpo vertebral.
As metástases ósseas mais freqüentes são originárias de câncer do pulmão, rim, tireóide, trato gastrointestinal, neuroblastoma e mieloma. As blásticas ocorrem nas metástases da próstata. As metástases vertebrais podem ser assintomáticas e ser detectadas em uma radiografia ou cintilografia de rotina. Aparecem na radiografia somente quando 30% a 50% do tecido ósseo for destruído. A sintomatologia só ocorre quando há fratura patológica por enfraquecimento da vértebra, crescimento do tumor com aumento de volume da neoplasia e compressão de nervos e medula.
Os sintomas, dor noturna ou em repouso, são freqüentes mas inespecíficos. A dor radicular ocorre em 50% dos casos, principalmente se a lesão for cervical ou lombossacra. A coluna torácica é o local mais freqüente das metástases ósseas, seguida da lombar e cervical. O estudo radiográfico (RX) mostra osteoporose ou falha óssea localizada na coluna e achatamento de vértebras. Pode ser difícil, entretanto, distinguir essas lesões malignas (neoplásicas) de alterações degenerativas e da osteoporose. Outros exames como a cintilografia, a tomografia e a ressonância nuclear magnética irão complementar e auxiliar no diagnóstico.
A biopsia, contudo, proporciona uma maior precisão no diagnóstico, principalmente na coluna torácica, onde se faz com acesso póstero-lateral, a confirmação do tipo de tumor – maligno, metastático ou benigno. O tratamento clínico, dependendo do tipo de tumor, irá determinar a necessidade de radioterapia nos tumores localizados e quimioterapia nos metastáticos disseminados para a coluna. O tratamento cirúrgico está indicado, com freqüência cada vez maior, nos casos de fratura patológica, quando houver instabilidade vertebral, lesão da medula e nervos, que possa evoluir para uma paraplegia ou até quadriplegia. A descompressão posterior seguida de fixação tem bons resultados e está indicada nos casos de maior gravidade. 

Os objetivos do tratamento dos tumores benignos são: reduzir a dor, preservar ou melhorar a função neurológica e proporcionar estabilidade da coluna. Nos tumores malignos – metastáticos, é o alívio da dor, melhorar a qualidade de vida do paciente, o que resulta, em muitos casos, em aumento da sobrevida. 

O câncer de coluna vertebral é umas das doenças mais agressivas, progressivas e fatais que existem, o tratamento é doloroso e por se localizar numa religião nervosa, a sensibilidade à dor é muito maior, logo, mais difícil de se tratar, causa muitas limitações ao paciente e diminui muito sua qualidade de vida. O que pode fazer muita diferença na eficácia do tratamento é o diagnóstico precoce. As dores na Coluna geralmente são atribuídas à desgastes articulares, idade, inflamações, doenças osteoarticulares, excesso de exercício físico e muitas vezes a causa real da dor não é nenhuma delas e sim um tumor, por isso é imprescindível que se realize exames periódicos, principalmente de imagem para diagnosticar de fato qual a doença que o paciente tem. 
Quando o paciente é idoso, geralmente o diagnóstico é ainda mais difícil, pois as dores na coluna são geralmente atribuídas a idade e desgastes ósseos, o que pode mascarar o problema real em si, e nesse caso, tempo é Vida. Tumores mais agressivos crescem rapidamente e quanto mais o tempo passa, menos chances de sobrevida existe pro paciente.

REFERÊNCIAS:

52 comentários:

  1. boa noite um conhecido do meu trabalho tem 65anos,esta com a coluna se esfarelando,so que antes disso ele teve dormencia no braço esquerdo foi fazer fisioterapia e ficou paralisado,o medico diaquinosticou ostoporose na coluna,gostaria de saber se ele pode estar com cancer na coluna pois ela esta se farelando e o mesmo não conseque andar se mexer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, boa noite! Bom, se o Diagnóstico médico apontou que o seu amigo tem osteoporose creio que seja isso mesmo, pois o médico ao solicitar exames geralmente sabe fazer o diagnóstico mais preciso, ele fez desintrometria óssea? Pelos sintomas que vc me relatou pode ser isso mesmo. Em casos mais avançados e graves, realmente a pessoa pode apresentar muitos problemas ósseos e com isso apresentar muitas limitações, inclusive desenvolver um tipo de osso "de vidro", muito suscetível a fraturas de difícil consolidação. A dieta deve ser rica em Cálcio e reposição deve ser feita via medicamentosa também, além de todos os cuidados que uma pessoa nesta idade com esses problemas deve ter. Tumores na coluna causam muito mais limitações, dor, mas se for o caso uma tomografia da coluna pode tirar a dúvida, diga a ele para conversar com o médico, se ele achar necessário, de acordo com a clínica e história de saúde dele, ele pode solicitar este exame para ser feito. Espero ter ajudado, abraço, melhoras para seu amigo.

      Excluir
  2. Bom dia, minha esposa tem uma sobrinha e a mesma de uma hora para outra parou de locomover, ela tem 18 anos.. Foram feitos alguns exames preliminares e nao indicaram nada.. Ela está a base de corticoides, será que pode ser o que?
    abraços a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Marcelo! Só com exames mais complementares e mais específicos vcs poderão saber, ela não sofreu alguma queda, ou teve um mal jeito na coluna?! As vezes isso ocorre se houve alguma lesão leve em algumas inervações, mas os sintomas tendem a desaparecer com o tempo, ela não sente dor? Ou talvez não pode ser nada relacionado à coluna e sim alguma outra doença, chequem bem com os médicos, somente com um bom acompanhamento vcs poderão saber do que se trata, ok?! Estimo melhoras. Abraços!

      Excluir
  3. Boa noite Mônica ,a minha mãe tem problema na coluna desde novinha e a 15 dias apraceu uma bola grande em suas costa do lado esquerdo proximo ao quadril,os medicos tiraram raio x e uma tomografia ,e pediram com urgencia uma biopsia ,gostaria de saber se pode ser um tumor.
    obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, bom dia! Bom, pelo que vc me relatou existe uma grande chance da sua mãe estar com um tumor, pelo RX e pela Tomo os médicos já conseguem ter uma ideia do que se trata o problema e quando pedem uma biópsia é por que desconfiam que seja um tumor, e querem saber se sua natureza é benigna ou maligna. Mas antes de mais nada sugiro que vc aguarde os resultados dos exames e fique atenta ao melhor tratamento pra ela, se for o caso de um tumor maligno, pela idade dela, se for mais idosa, sugiro que procure um tratamento que mantenha uma qualidade de vida pra ela o mais próximo do normal, tratando a dor, sendo mais conservador e paliativo, nesses casos a família precisa conversar com o medico pra promover o melhor conforto pro paciente, as vezes alguns procedimentos não vão adiantar muito no tratamento, e às vezes até prejudicam mais a qualidade de vida do paciente, pensem nisso, no bem dela, ao escolher o melhor tratamento pra ela, ainda que não seja curador. Abraço e boa sorte pra vcs!

      Excluir
  4. Olá,eu sinto muita dor na coluna e n consigo ficar em uma posição q faça com q essa dor passe...E tem umas manchas vermelhas,fiko cm medo pois nunka tive esse tipo de dor...Pode significar um câncer na coluna??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, bom dia. Bom ter dor na coluna não significa que vc está com câncer, a dor pode ser devido a outro problema, existem muitos problemas crônicos de coluna, como vc já deve saber, agora as manchas vermelhas não necessariamente podem estar associadas ao seu problema de coluna e sim a outro problema de saúde, sugiro que vc procure um médico, conte o que está sentindo e solicite alguns exames de sangue e de imagem (RX, tomografia), se cuida ok?! Abraço!

      Excluir
  5. Olá! beleza de blog, parabéns! dores na coluna são tão comuns que nem os pacientes, nem muitos profissionais levam a sério. fui lendo seu post e identificando vários sintomas. as dores são fortes, me sinto colada à cama durante o repouso por uma região específica. a dor é forte e passo o dia me arrastando. tenho um filhote de 12 anos que tem mielomeningo, o carrego o tempo todo entre a cadeira, a cama, a cama e a cadeira novamente. sedentária desde que ele nasceu ( e fumante!) sempre acho que essa dor ou é por peso, ou má postura, ou sedentarismo. há um ano, fiz algumas aulas de yoga, mas sofri com as dores. logo em seguida saímos do brasil, mas voltamos quinta feira 4 de julho (ainda bem), aqui, com tantas coisas diferentes, inclusive camas mais baixas, a dor aumentou muito, mas as dificuldades de acesso ao serviço de saúda tb me impediram de ter um diagnóstico preciso. miinha região lombo-sacral tem manchas escuras, rocheadas, vasos que aprecem estar arrebentados. a dor reflexa segue até os pés. como tive guilain-barret em 2009, tb achava que a fraqueza nas pernas, o formigamento ainda eram sequelas do GB. nem tramadol me deixa em paz ..... só enquanto estou em trânsito (última noite com internet hoje!), vc poderia me dar uma luz???? obrigada, Carla Vannucchi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, bom dia Carla. Obrigada pela sua participação aqui no Blog. Bom, como vc me relatou, vc tem um histórico de saúde bem complexo e também um fator bem importante e agravante para desenvolver problemas de coluna, que é o seu cuidado para com uma pessoa dependente, no caso, o seu filho. Várias pessoas que lidam com esse tipo de cuidado (inclusive eu, que sou Enfermeira, Rss), tendem com o tempo e dependendo do trabalho que realizam, desenvolver problemas na coluna, devido a esforço repetitivo, sobrecarga de peso, até mesmo estresse e cansaço (esgotamento) físico. Antes de mais nada, acho que o melhor a fazer, é quando vc estiver chegado aqui no Brasil, estiver já bem instalada, assim que tiver um tempo, procurar um médico e relatar a ele tudo que está sentindo, somente com uma avaliação clínica poderá se chegar a um diagnóstico preciso, pois cada caso é um caso, vc não deve ficar cismando que agora por que tem uma dor nas costas pode estar com câncer, o que relato e deixo bem claro neste post, é que a dor nas costas não deve ser menosprezada como muita gente pensa, que é só por que faz força demais e tal, o que é necessário é um pouco mais de bom senso das pessoas, está doendo, está incomodando, a medicação não está resolvendo, não é normal viver assim nesta condição, procure um médico, faça outros exames mais específicos, daí sim vc poderá chegar a um resultado definido. Quem sabe com uma visita ao médico, tirando todas as dúvidas, depois conforme o que vc realmente tem, possa fazer algum tratamento complementar, fisioterapia postural, pilates, atividade física regular, creio que poderiam lhe fazer muito bem, mas não deixe de ir no médico antes de fazer qualquer coisa dessas ok?! Estimo melhoras e que possa fazer uma boa viagem de volta pra casa. Abraços!!!

      Excluir
  6. Olá Mônica, primeiramente parabéns por esse blog. Desejo como os demais algumas orientações, também tenho fortes dores na coluna, já fiz raio-x e detectou escoliose e hernia de disco,mas atualmente a minha maior preocupação é com uma dor na coluna local,no qual apalpando percebe-se que o osso está crescendo e as vezes até acho que pode ser um tumor, isso já faz um ano, no inicio os médicos dizia que era apenas uma inflamação, mas o pior que com o passar do tempo o osso ou seja outra coisa está incomodando e o interessante que as dores aumenta no período da noite ou quando estou em repouso. Será que osso da coluna realmente pode crescer e o que causa isso e qual seria o diagnostico, a hernia de disco poderia ser a causa? Tenho muito medo de descobrir algo grave. OBRIGADA!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá boa tarde! Obrigada! Primeiramente calma, bom, como vc já foi ao médico e fez alguns exames, possivelmente suas dores são decorrentes aos problemas pré-existentes, a escoliose e a própria hérnia de disco principalmente, causam muito desconforto e dor, dependendo da localização a dor sempre aumenta quando a pessoa está em determinada posição. Para desencargo de consciência, sugiro que procure outro médico e peça uma segunda opinião e/ou faça novos exames para tirar a teima. Se nada mais aparecer, procure fazer o tratamento certo que o seu especialista recomendar, seja cirúrgico ou não, siga as recomendações médicas, isso vale também para repouso, exercícios físicos adequados e postura. Abraço e melhoras pra vc!

      Excluir
  7. Boa noite, há algumas semanas estou com um formigamento em uma pequena área nas costas, um pouco acima do meio. Não sinto nenhuma dor, nada, somente essa dormência, o que pode ser. Tenho 21 anos, tenho uma filha de 10 meses e estou um pouco acima do peso. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, sugiro que vc procure um médico e faça alguns exames, pode ser somente um problema na coluna devido ao excesso de peso e má postura como qualquer outra coisa, é bom q vc procure conselho médico, e veja o que pode estar errado, pode até não ser nada, coisa q pode ser corrigida com dieta, exercício físico postural e repouso. Melhoras. Abraços!

      Excluir
  8. Boa noite Mônica, minha sogra foi diagnosticada com câncer na coluna, clavícula e ossos do cérebro. Ela não nos conta a gravidade. Mas quando se esta espalhados assim o tratamento e eficaz ou surgi mais dificuldade na cura. Pode se espalhar mais ainda mesmo com tratamento? Obrigada. A dor e absurda...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wal, bom dia! Primeiramente lamento por sua sogra, trata-se realmente de uma doença complicada que causa muita dor, pra todos. Bom, pelo que vc me relatou provavelmente o câncer da sua sogra começou na coluna e teve metástases para outros lugares do corpo, isso significa que o câncer é agressivo, e mais difícil de tratar. Sugiro que vcs conversem com os médicos e promovam um tratamento o mais conservador/paliativo possível sem muito sofrimento, em alguns casos pacientes com tipos de doenças graves em estagio mais avançado são submetidos a tratamentos dolorosos desnecessários, por que não vão adiantar muito, entende? O ideal é que se promova o bem-estar do paciente, ou seja, que ele não sinta dor, e que possa manter-se o máximo de sua autonomia, o mais que der, por que é uma doença que vai limitando muito a pessoa, principalmente com sessão de quimio e radio, lembrando que, cada caso é um caso, sempre conversem com os médicos, se existe possibilidade de cura isso deve ser sempre priorizado, mas vai do caso dela. Estimo melhoras. Abraço.

      Excluir
  9. Ola! Bom, meu esposo tem 42 anos e não faz esforço no trabalho dele pois maior parte ele é motorista em uma empresa de segurança! De um tempo p cá ele vem sentindo umas fisgadas bem fortes, ele diz ter impressão q os ossos da coluna se deslocam pra la e pra cá rapidamente! É assustador do nada ele grita com a dor. Como
    dependemos do sus é angustiante a espera, mas é sempre bom a opinião de alguem que entende do assunto. Abrçs






    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure um médico, ele tem que realizar alguns exames para saber ao certo de onde vem essas dores, pode ser pelo trabalho, mas pode ser outra coisa. Cuide-se! Abraço!

      Excluir
  10. Olá, Boa noite. Minha mãe tem sentido dores fortes na região lombar e há uma grande suspeita de Hérnia de disco. Porém, nas duas vezes que ela sentiu as maiores dores ela chegou a desmaiar. Desmaios e muitas dores, indiferentemente de ser uma Hérnia de disco tem associação com tumores nesta região ou foi apenas efeitos do sistema nervoso? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dependendo da intensidade da DOR que a pessoa sente ela pode passar muito mal, inclusive desmaiar. Abraço!

      Excluir
  11. Olá. um amigo meu tem 15 anos e diz que tem um tumor na coluna, eu não acredito lá muito que ele tenha e já o disse que não se brinca com essas doenças mas ele diz que tem mesmo... ae eu queria saber se um rapaz de 15 anos pode ter mesme esse tumor na coluna ou se não ? Por favor me respondem o + rápido possível :s bjos e obrigada a quem me responder...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma doença que pode acontecer em qualquer idade... Abraço!

      Excluir
  12. Boa noite,Mônica !
    Meu pai tem 63 anos e ele está com muitas dores ele dez a resonancia e ao lado tem como se fosse uma mordida,faltando um pedaço isso é o tumor.

    ResponderExcluir
  13. Oi faço tratamento de câncer nos ossos de coluna fiquei na cadeira de rodas graças a Deus agora estou andando.....tomo xeloda e ácido zoledronico qual e a função do ácido zoledronico se puder me responder obrigada!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ácido zoledrônico é usado para tratar metástases ósseas e para reduzir a quantidade de cálcio no sangue de pacientes com hipercalcemia induzida pelo tumor. Este medicamento também é usado para prevenir complicações relacionadas ao esqueleto (como por exemplo, fraturas patológicas) em pacientes, com tumor maligno avançado, com metástases ósseas. Ácido zoledrônico também é indicado para prevenção da perda óssea decorrente do tratamento antineoplásico a base de hormônios em pacientes com câncer de próstata ou câncer de mama. Age, ligando-se ao osso e diminuindo a taxa de reabsorção óssea. Além disso, é usado para reduzir a quantidade de cálcio no sangue, nos casos em que esta quantidade é muito alta devido à presença de um tumor. Os tumores podem acelerar a reabsorção óssea normal de modo que a liberação de cálcio do osso fique aumentada. Esta condição é conhecida como hipercalcemia induzida por tumor.

      Excluir
  14. ola tudo bem quero parabenizar pelo blog muito interessante Mônica meu pai teve um cancer na próstata e agora voltou de novo mas dessa vez pediram para ele fazer uma cintilografia óssea e e ele vai ter que fazer quimioterapia mas o médico não disse nada sobre o exame mas no laudo esta escrito multiplas lesões ósseas secundárias, pelo que etendi sãos secundárias por que elas estão ae por causa do cancer na prostata mais o que quer dizer lesão óssea quer dizer que ele pode esta com cancer nos ossos estou muito preocupada quero muito que ele se cure e fique bem me responda assim que poder obrigada desde ja

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ce, provavelmente essas "lesões ósseas secundárias" são metástases ósseas do tumor, ou seja ele deve ter se espalhado para os ossos.

      Excluir
  15. Ola Dra... Minha mãe tem 65 anos e a 1ano atrás estava super bem, ela passava e lavava roupas e fazia muitos esforços, certo diz um vizinho meu estava arrumando um muro de fundo com minha casa, e derrubou muito concreto e disse q limparia, mais como minha mãe nunca gostou de ficar parada e o cara não limpo nada, ela juntou em um balde e levou tdo aquele peso na caçamba... Depois disso ela travou... Ela nunca foi gorda mais tinha um corpo normal, como tenho muita amizades com neuros pois são clientes meus, eu pedi pra um Dr vim olha minha mãe, ele deu injeção e passou uns remédios e disse q demoraria algum tempo pra melhorar, passou alguns meses minha mãe melhorou, aí começou a andar pra cidade inteira a pé e passava no supermercado e trazia peso.... Ela fez alguns exames pq começou a senti dores na perna, o médico disse q era borsite, fez exames de sangue e estava com colesterol e começo de diabete, ela não melhorou e a dor começou na região lombar... Ela tirou raio x e eu levei pro Dr.Wander neurocirurgiao e ele disse q tem 4 fatura na coluna, mais disse q não é recente, agora pediu tomografia e mais uma série de exames.Minha família não tem histórico de câncer minha mãe não fuma nem bebe e outra as irmãs dela todas tem ostoporose, agora que te contei um pouco do histórico gostaria de saber sua opinião, pode ser somente desgato dos ossos osteoporose? Ah ela emagreceu bem pois fez dieta pra colesterol e tomou muito remédio... E só senti dor qdo anda em repouso não senti.. Obrigado Dr e por favor seja sincera... DEUS ABENÇÔE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiz, bom pelo histórico que vc me contou, as fraturas na coluna podem ter sido ocasionadas pelo excesso de peso o atividade que ela tenha feito agora ou de mais tempo, como tem o fator da idade pode ser que ela tenha desenvolvido uma osteoporose sendo assim os ossos ficam mais frágeis e mais suscetíveis a fraturas, ela já fez alguma vez a densitometria óssea? Sugiro que procure o médico e siga suas recomendações e como cuidado NADA DE PEGAR PESO! Melhoras...

      Excluir
  16. Boa noite Monica, me chamo Érica e gostaria de lhe fazer uma pergunta.
    tenho 28 anos,trabalho muito em pé.De uns tres anos atras engordei 20 kilo e comecei a percebe um osso saliente na coluna cervical e dores nas costas e dor de cabeça. vc sabe me dizer o que pode ser

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Érica! Sugiro que você procure um médico e realize alguns exames para saber o que vc tem, antes de tomar conclusões precipitadas, uma mudança no estilo de vida pode ajudar muito, dieta e atividade física podem ajudar a perder peso o que geralmente prejudica muito a coluna, articulações, é o excesso de peso, cuide-se! Melhoras...

      Excluir
  17. Ola Doutora boa noite bom a minha mae teve câncer na coluna tratou e amenizou so que agora ele voltou e se alastrou pela coluna toda e atingiu a medula você sabe me dizer se este problema e fatal e se for aproximadamente qual o tempo que ele pode ficar mais grave ja tem um mes que foi detectado e ela esta internada em barretos agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ronaldo! Boa noite! Bem, sua mãe teve complicações do câncer, o que chamamos de metástases, trata-se de um caso grave e a expectativa de vida geralmente infelizmente é curta, não dá pra saber ao certo, varia de paciente pra paciente. O Hospital de Barretos é referência no tratamento do câncer no Brasil tenha certeza de que ela será bem cuidada, mesmo sendo um tratamento mais paliativo, para amenizar a dor e diminuir o sofrimento. Procure ficar ao lado dela e passar segurança, de que tudo ficará bem, independente do desfecho final. Abraços, Enfermeira Mônica.

      Excluir
  18. meu foi esta com um tumor na coluna e varris ematomas nas cosleta gostaria de saber a gravidade a suspeita e de mieloma mestaste

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele provavelmente, pelo que tu descreves, deve ter tido uma reincidência de câncer ou complicações de tumores gerando metástases na coluna, é um diagnóstico grave, mas vai do tratamento que os médicos dele indicarem.

      Excluir
  19. olá tenho 17 anos, e tenho fortes dores na coluna principalmente a noite ou deitada. já fui em 3 ortopedista e não descobriram nada fiz o exame raio-x mais n tenho lesão gostaria muito de saber o que seria essa dor ou oque poderia ser. desde já obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, como vc já foi ao médico e fez os exames que nada acusaram, provavelmente essa dor é devido a sua má postura, excesso de peso ou atividades que sobrecarregam sua coluna. Exercícios físicos ajudam muito a combater esse tipo de dor causada mais sobre sobrecarga osteomuscular. Certos tipos de dores na coluna tb podem ser resultado de uma vida agitada e sobrecarregada, ou vc pode estar passando por um momento de grande tensão. Relaxantes musculares nesses casos podem ajudar a combater a dor tb.

      Excluir
    2. muito obrigada mônica semana que vem estou indo em outro ortopedista, pois comecei a fazer exercícios físicos e não está resolvendo muito, vou levar o exame de ressonância para ter um exame mais específico ..... muito obrigada pela atenção. qualquer notícia entrarei em contato .

      Excluir
  20. Mônica,
    parabéns pelo seu blog! Pela sua iniciativa de fazer o bem ao próximo.
    Que DEUS te abençoe e te guarde nesse mundo.

    ResponderExcluir
  21. Mônica parabéns pelo seu blog, é muito bom ter pessoas q entende e possa nos confortarmos um pouquinho... Bom minha mas teve câncer no cérebro fez tratamento e não tem mas o que fazer por enquanto ele esta ali não aumenta e nem diminui.. Então a vinha com dor nas pernas a muito tempo e os médicos não foram atrás então ela perdeu o movimento de uma perna paralisou e a outra começou com dormência paralisou também.. Agora eles descobriram q ela esta com um tumor dentro do osso dá medula não sei como é o nome... E os médicos falaram que não tem o que fazer só radio pra aliviar as dores... Queria saber se realmente não tem nenhum tratamento que ela volte a caminhar?! Isso pode levar a morte?!

    ResponderExcluir
  22. Olá Bruna! Lamento pelo seu familiar. Pelo avançar da doença fica mais difícil de tratar, os cuidados são mesmo mais paliativos, a fim de proporcionar alivio das dores e evitar maiores sofrimentos. O tumor ósseo pode ser uma metástase do câncer no cérebro, com o tempo se a doença não é curada ela tende a se espalhar pro restante do corpo. Os tratamentos são mesmo mais para o alívio dos sintomas.

    ResponderExcluir
  23. Boa tarde parabéns pelo post e pelo blog,Meu amigo fez a ressonância,e a médica falou que era um tumor benigno,ela não pediu biopsia,não passou nem um remédio,só passou fisioterapia,ele continua com muita dor,sera que este diagnóstico ta certo ou ele deve procurar outro médico?

    Obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana! Uma segunda opinião nesses casos é sempre bom. Pois ainda que o tumor seja benigno ele pode estar pressionando a medula ou nervos adjacentes e causar dor de difícil analgesia.

      Excluir
  24. Boa noite, meu nome é Rosimar. Preciso tirar uma dúvida, recentemente tenho sentido dores terríveis na coluna torácica, fiz exames de ressonância e descobri que tenho protusões em TODAS AS VÉRTEBRAS da coluna torácica. Mas as T7, T8 e T9 tem hérnias enormes com apagamento liquoso. A tomografia acusou CRESCIMENTO ÓSSEO ESPICULADO NA T7 E T8. Fui em um ortopedista que me passou corticóides e analgésicos a base de ópio, mas só senti alívio das dores irradiadas, nas lesões nada de alívio. Ele me disse que hérnias na região torácica são raros e eu tenho caso de câncer na família, não nessa região, mas na tireoide, por exemplo.
    Esses casos são raros mesmo? Posso ter uma coisa mais grave? O que eu devo fazer? Já passei por um monte de médicos, neurocirurgiões e ninguém deu conta do meu caso. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu caso parece mesmo delicado, mas não podes desistir do tratamento. Vc não teve indicação de cirurgia? Antes de deduzir que possa ter algo mais grave certifique-se com os especialistas, não adianta ficar pensando que tem câncer sem um parecer claro do seu caso com todas as avaliações e exames clínicos realizados. Boa sorte!

      Excluir
  25. Tenho hérnia de disco na lombar em L3, L4 e L5 diagnosticada a uns 5 anos. Tenho dores e irradiações para as pernas, com formigamento e dormências, além de muita dor no nervo ciático em ambos os lados. Mas agora a uns 4 dias surgiu uma dor muito forte na minha cervical e que deixou meu pescoço bastante duro. Tenho tomada antinflamatórios e relaxantes musculares sem sucesso. Pode ser um reflexo das hérnias da lombar ou não tem nada a ver? Pode ser algo mais grave?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. boa noite. Creio que a dor na cervical não tem relação com as hérnias na lombar. A não ser que vc tenha tb na cervical e não saiba ainda. Essa região tende a ficar muito tensa com a dor e preocupações, as vezes as medicações por si só não resolvem prontamente. Procure o seu médico. Att. Melhoras.

      Excluir
  26. Boa tarde! Eu me chamo Cristiane meu pai sentia forte dores na costa e abdominal, foi diagnosticado que ele tinha pedra na vesicula, ele marcou cirurgia e dor começou aumentar, ele voltou no hospital fizeram outros exames e disseram que le tinha pedra na visicula e so era 1 pedra não precisava de cirurgia, ai encaminharo p neuro ele diagnosticou q ele tem um tumor na coluna e ele perdeu os movimentos da cintura para baixo, gostaria de saber se tem cura e se ele vai voltar a andar novamente ele tem 75 anos, ele ainda vai fazer a biopsia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá boa noite. Se ele será curado ou não vai depender na forma como ele vai responder ao tratamento. Cada caso é um caso. Fale com seu médico. Att. Melhoras!

      Excluir
  27. Olá Mônica! Há praticamente um mês venho sentindo dores na lombar que irradiam pro quadril, glúteo, coxa e atrás do joelho. Antes de sentir essa dor eu já vinha me sentindo um pouco incomodada quando as vezes deitava reto e mexia/levantava algumas das pernas, pois sentia uma dorzinha pequena bem no meio da bacia (cóccix). Tenho 21 ano, descobri que tinha escoliose há 2 anos através de exame de raio x. Pratico musculação e foi o próprio médico que autorizou e disse que até seria bom pra fortalecer os músculos. Enfim, faz 9 meses que voltei a malhar e agora comecei a sentir essa dor na lombar. Já procurei um médico e ele pediu pra eu parar 1 mês com a academia e passou um outro raio x para ver se eu estou com alguma lesão ou algo parecido. Estou muito preocupada porque até então nunca tinha sofrido com dores na lombar dessa forma. Será que pode ser uma Hérnia de disco ou até mesmo Sacroileíte? O que você acha?!

    ResponderExcluir
  28. Boa noite, adorei seu blog parabéns, fiz um raio x na minha cintura do lado direito e apareceu algumas mancha escuras o que pode ser estou morrendo de medo

    ResponderExcluir
  29. IMPORTANTE PARA TODOS!: não tirem conclusões precipitadas busquem auxílio médico e diagnóstico precisos/seguros. Nem toda dor é sinal de uma doença grave, DEVE ser investigada sim, mas cada caso é um caso e deve ser tratada como tal é a cada necessidade de cuidado.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...